Um terremoto de magnitude 6,3 atingiu o norte das Filipinas

MANILA, 15 de junho (Reuters) – Um terremoto de magnitude 6,3 atingiu a principal ilha das Filipinas nesta quinta-feira, interrompendo alguns serviços ferroviários na capital Manila, disseram autoridades.

A Agência Sismológica das Filipinas disse que não houve vítimas ou grandes danos após o terremoto, que ocorreu a uma profundidade de 10 quilômetros (6,21 milhas) e foi sentido nas províncias próximas.

Três linhas ferroviárias elevadas em Manila foram suspensas devido ao terremoto, disse o Ministério dos Transportes.

“As operações ferroviárias e aeroportuárias estão suspensas. Até agora, não há relatos de um grande efeito do terremoto e acreditamos que continuará o mesmo”, disse o porta-voz da Defesa Civil, subsecretário Bernardo Rafaelido Alejandro, ao canal de notícias GMA.

As luzes do teto foram vistas tremendo em um hotel em um dos distritos comerciais de Manila, onde o presidente Ferdinand Marcos Jr. falava com repórteres depois de participar de um fórum de comércio internacional, disse uma testemunha da Reuters.

Peter Oliver Palacio, prefeito de Calatagan, a 5 quilômetros do epicentro, disse à rádio DZMM que o terremoto foi vertiginoso e que o departamento de engenharia da cidade foi instruído a verificar os danos.

A Agência Sismológica registrou inicialmente o terremoto em 6,2 na escala Richter, mas depois o rebaixou para 6,3. Ele disse que esperava danos e tremores secundários.

Reportagem de Jahnavi Nidumolu em Bangalore, Enrico Dela Cruz e Neil Jerome Morales em Manila; Edição por Kanupriya Kapoor

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

READ  Crescimento salarial privado nos EUA desacelera em março -ATP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *