‘O menino e a garça’, de Hayao Miyazaki, lidera as bilheterias

‘Poor Things’ consegue estreia especial do outono com US$ 644 mil

A épica história de amadurecimento do mestre de animação Hayao Miyazaki, “O Menino e a Garça”, arrecadou US$ 12,8 milhões em seu fim de semana de estreia, tornando-se a primeira produção original de anime a liderar as bilheterias nacionais. O lançamento do GKids está sendo exibido em IMAX e outros auditórios premium de grande formato, o que impulsionou sua bilheteria recorde e o ajudou a alcançar o primeiro lugar. Ele se beneficiou da falta de ofertas na tela grande, com sucessos de bilheteria como “Wonka” e “Aquaman e o Reino Perdido” ainda aguardando estreia nas próximas semanas.

“O Menino e a Garça” marca um retorno inesperado às telas de Miyazaki, que está ausente das telas há mais de uma década – o cineasta por trás de clássicos como “A Viagem de Chihiro” e “Princesa Mononoke” anunciou sua aposentadoria em 2013, após sua filme anterior, “O Vento”. Surge” foi publicado. “O Menino e a Garça” tem decolado lentamente internacionalmente, arrecadando US$ 84 milhões, dos quais US$ 56 milhões vieram do Japão, país natal de Miyazaki.

“Renaissance: A Film by Beyoncé” do fim de semana passado caiu em seu segundo fim de semana, arrecadando US$ 5 milhões pelo quinto lugar. Isso representa uma queda rápida de 77%, indicando que o filme-concerto do ícone da música não tinha o poder de permanência de “Taylor Swift: The Era’s Tour”, que arrecadou quase US$ 180 milhões. “Revival” arrecadou cerca de US$ 28 milhões no mercado interno. Assim como Swift, Queen Bey evitou um estúdio tradicional para lançar seu filme e recrutou a AMC Theatres para supervisionar sua distribuição. Isso lhes permite manter uma parcela maior das vendas de ingressos.

READ  Burt Young, ator de 'Rocky' que interpretou durões complicados, morre aos 83 anos

Enquanto “Revival” vacilava, “Jogos Vorazes: A Balada de Pássaros e Cobras”, da Lionsgate, ficou em segundo lugar, arrecadando US$ 9,4 milhões, elevando seu faturamento doméstico para US$ 135,6 milhões. Esse é um número sólido, especialmente porque a prequela de “Jogos Vorazes” teve um orçamento de produção de US$ 100 milhões, um valor modesto para um filme desse tamanho e escopo.

“Godzilla Minus One”, da Toho International, subiu para US$ 8,3 milhões em seu segundo fim de semana. Monster arrecadou US$ 25,3 milhões no mercado interno, tornando-se o filme japonês de ação ao vivo de maior bilheteria lançado na América do Norte.

“Trolls Band Together”, da Universal e da DreamWorks Animation, ficará em quarto lugar, arrecadando US$ 6,2 milhões. Isso elevou o total do filme familiar para US$ 83,1 milhões. Uma das outras novidades do fim de semana, “Waitress: The Musical”, da Bleecker Street, arrecadou US$ 3,2 milhões.

Em lançamento limitado, “Poor Things” da Searchlight arrecadou US$ 644 mil em nove cinemas. A média foi de US$ 72 mil por cinema durante a temporada de premiações de outono – logo atrás das estreias teatrais dos lançamentos de primavera “Beau Is Afraid” (US$ 80 mil) e “Asteroid City” (US$ 142 mil). E verão. “A Favorita” é estrelado por Emma Stone na comédia excêntrica do diretor Yorgos Lanthimos e vem gerando muita atenção ao Oscar desde sua estreia no Festival de Cinema de Veneza, onde ganhou o prestigiado Leão de Ouro.

“Origin”, outro favorito da crítica, estreou em lançamento limitado com US$ 117.063 em dois cinemas. Isso é uma média de US$ 58.532 por tela. A edição neon foi escrita e dirigida por “Race: The Origins of Our Discontents”, de Ava DuVernay e Isabelle Wilkerson, um estudo histórico sobre ódio e racismo.

READ  Ações da Kava sobem na estreia comercial. Talvez comece o mercado de IPOs aos poucos.

No próximo fim de semana será lançado “Wonka”, uma retrospectiva dos primeiros dias da fabricante de chocolates estrelada por Timothée Chalamet. Isso deve adoçar as bilheterias, mas os proprietários de cinemas e analistas acreditam que esta temporada de férias superará os últimos dois anos, quando as mega bilheterias “Avatar: O Caminho da Água” e “Homem-Aranha: No Way Home” estrearam. .

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *